Avenida Brasil, 2545 CEP 85.816-290 Cascavel / PR (45) 3227-2440

Críticas

Nas Talhas de Dirceu Rosa a Força Telúrica da Natureza

O enorme potencial de criatividade de base que existe no interior paranaense, surge como mais um dos milagres brasileiros. Dando continuidade à sua programação no sentido de divulgar esses valores, a Galeria do Centro Cultural Brasil-Estados Unidos traz de Cianorte, Dirceu Rosa, um dos mais originais escultores paranaenses. Em suas talhas há um misto de primitivismo e realismo mágico. São bem evidentes violentas deformações de detalhes anatômicos, em que transparece um sabor antropológico de absorção da força agressiva e telúrica da terra agreste, ao mesmo tempo que intuitivamente absorve características de um vanguardismo de alcance nacional. Dirceu Rosa da Silveira, ou simplesmente Dirceu Rosa, nasceu em Apucarana, em 23 de Abril de 1951. Há cinco anos vem se dedicando a escultura e pintura, criando obras profundamente originais, principalmente a partir de 1972. Participou de exposições em Cianorte, Maringá, Londrina, Umuarama e Apucarana. Descoberto por Antonio Carlos Gerber, expõe em 1973 no Teatro de Guaíra em Curitiba. Em agosto de 1974 realizou uma individual na Galeria Banco Itaú, na rua Augusta, em São Paulo. Dirceu Rosa é um artista nato com grande perspectiva de êxito em âmbito nacional. Atualmente reside em Cianorte.

Adalice Araujo

ORÇAMENTOS E INFORMAÇÕES

Avenida Brasil, 2545
CEP 85.816-290
Cascavel / Paraná
Fone/Fax (45) 3227-2440
derosa16@hotmail.com